Invista Brasil

O custo de vida do brasileiro está cada vez maior. Despesas básicas, somadas ao imposto de renda pago, ocupam parte generosa do orçamento doméstico, dificultando assim o planejamento financeiro. Dessa forma, atrasa-se também conquistas pessoais e a tão desejada independência financeira.

No entanto, e o que muitos não sabem, é que pagando pelo imposto de renda, é possível fazer uso do benefício fiscal. Esse benefício, concedido pela Receita Federal ao contratar um plano de previdência privada, reduz pagamentos de impostos. Atrelado a isso, aumenta ainda a disponibilidade de recursos dedicados à independência financeira. Veja um exemplo de como funciona o benefício fiscal:

Benefício fiscal Sem contribuição para a previdência privada Com contribuição para a previdência privada
Renda Bruta 120.000,00 120.000,00
Contribuição em Previdência Privada 0,00 14.400,00
INSS 7.452,45 7.452,45
Base de cálculo do IR 112.547,55 98.147,55
Valor do Imposto 20.518,32 16.558,32
Parcela a deduzir 10.000 10.000
Imposto de Renda a Pagar 10.518,32 6.558,32
Benefício Fiscal 0,00 3.960,00

 

Quem pode aproveitar esse benefício do Imposto de Renda?

  • No momento da contratação da previdência privada, o contribuinte com renda tributável na Pessoa Física realiza declaração completa do Imposto de Renda e opta pelo PGBL. – Plano Gerador de Benefício Livre.

Com quanto posso contribuir?

  • As contribuições podem atingir até 12% da renda tributária anual. Esse valor está de conformidade com a alíquota máxima permitida pela Receita para redução da base de cálculo do imposto.

Como será a tributação sobre a previdência privada?

  • Uma vez resgatado, o imposto incidirá sobre o seu valor total, e não somente sobre lucros auferidos. Tal ação estará de conformidade com o regime tributário escolhido.

Qual regime tributário devo escolher: progressivo ou regressivo?

  • Em suma, o regime progressivo é indicado para aqueles que buscam uma renda mensal dentro da faixa de isenção do IR, ou que tenha alíquota máxima de 7,5%.
  • O regime regressivo, por sua vez, é uma escolha adequada para quem planeja realizar resgate a longo prazo. Visto que aqui, o investimento consiste em uma renda que pagaria a alíquota de 15% ou mais no Imposto de Renda.

Na Prospen, possuímos planos de previdência privada com isenção das taxas de entrada, saída e de carregamento. Escolha um e maximize os rendimentos da sua aplicação.

Quer falar com a nossa equipe? Entre em contato:
📲 Telefone: (31) 3824 7975
💻 Site: www.prospen.com.br

Presencialmente ou à distância, nosso time de especialistas está à disposição, a fim de te atender e esclarecer eventuais dúvidas.

Referências:
https://www.infomoney.com.br/solucoes-financeiras/pgbl

http://idg.receita.fazenda.gov.br/acesso-rapido/direitos-e-deveres/educacao-fiscal/acoes/outras-acoes-de-educacao-fiscal/2017/04maio/na-midia-ir-2017-previdencia-privada-pode-te-levar-para-a-malha-fina-tire-duvidas

 https://www.dci.com.br/financas/alta-cobranca-do-irpf-ajuda-aporte-em-pgbl-1.701860

LEIA TAMBÉM
Pague menos Imposto de Renda em 2018 com plano de previdência

Controlar seu orçamento é o primeiro passo para o enriquecimento

Super planilha gratuita para seu controle financeiro

Por Conrado Navarro e Ricardo Pereira

Preparamos uma poderosa planilha que vai ajudar você amanter seu orçamento em dia, mostrando onde você precisa melhorar, quanto poderá separar para investir e muito mais.

Saiba mais